Menu

The Life of Lloyd 721

suedeweed38's blog

Marina Critica Falta Do Governo Federal Em Roraima O Dia

5 Maneiras Criativas De Utilizar Escadas Verticais Na Decoração


Rio - Candidata à presidência na Rede, Marina Silva foi entrevistada pela Organização Brasil de Intercomunicação (EBC) nesta quinta-feira. A presidenciável argumentou sobre o assunto temas como segurança pública, aborto, intervenção federal e direitos das minorias. No primeiro bloco, Marina foi confrontada a respeito da questão de Roraima e criticou a omissão do governo federal em ligação à divisa com a Venezuela.


A candidata avaliou que "o governo se omitiu duplamente", primeiro em relação à situação dos moradores de Pacaraima, e assim como na sua política externa. Pra ela, o Brasil poderia ter liderado uma articulação de países pra socorro humanitária e retomada da democracia pela Venezuela. Quantas Telhas Usam-se Por Metro Quadrado? assim como argumentou que, na localização de Presidente da República, não vai "deixar de socorrer um governante de estado em razão de o partido dele é distinto do meu", sugerindo que Michel Temer possa ter se omitido por questões partidárias. A respeito do fechamento da fronteira, se descreveu contrária e pontuou a necessidade de uma interessante política de acolhimento.


Marina defendeu a necessidade de robustecimento da Polícia Federal e da Polícia Federal Rodoviária para o enfrentamento do tráfico nas fronteiras. Ao ser indagada a respeito da privatização dos presídios, se posicionou contra: "Não desejamos achar que privatizar por privatizar é a solução". Curso De Decoração De Ambientes Pra Leigos bem como comentou que a segurança pública tem que ser "uma ação integrada entre governo federal, governos estaduais e governos municipais". Marina classificou a intervenção federal no Rio como uma capacidade extrema, porém reconheceu que "não tinha como deixar o Rio entregue à própria sorte".


A candidata citou que é contra o aborto, contudo defendeu que a dúvida seja decidida a partir de um plebiscito popular. Assim como pontuou que o aborto não podes ser usado como mecanismo contraceptivo. Marina avaliou que o Sistema Único de Saúde (SUS) está muito bem construído na lei, entretanto que na prática não funciona. Falou que "os postos de saúde têm que funcionar", contudo não detalhou como e não especificou em quais áreas da saúde pública pretende priorizar os investimentos. Alegou Eduardo Jorge (PV), seu vice, coordenador da área de saúde de seu governo, e defendeu a inevitabilidade de uma reestruturação da saúde pública e a contratação de mais médicos.


Frisou que todos devem ser tratados parelhos e defendeu os direitos de todos: "Em uma comunidade justa e democrática, defendemos os direitos das pessoas". No momento em que foi cobrada por propostas mais específicas, mas, Marina rebateu: "Acho engraçado essa pergunta ser feita sempre a mim com um enviesamento, quem sabe por eu ser evangélica".


Defendeu a manutenção do programa. Decoração De Festividade De quinze Anos as cotas e alegou que a primeira infância, entre 0 e cinco anos, é prioridade em seu governo - entretanto sem esquecer as algumas etapas da educação. Também disse sobre a contratação de mais professores e a valorização da profissão a começar por um plano de carreira e uma remuneração adequada. Marina citou que vai "auxiliar o país a reverter a crescer" e recuperar tua credibilidade. Assim como propôs o investimento em novas formas de energia para a geração de empregos e comentou que vai montar "um milhão e meio de tetos solares, pra gerar emprego e renda pra população".


A candidata citou em recuperação do tripé macroeconômico pelo câmbio flutuante - com intervenção, para não flutuar excessivamente - e superávit primário com meta de inflação. Defendeu que a reforma trabalhista seja feita através de um diálogo com a população, e classificou a reforma do governo Temer de "draconiana". Disse que "é preciso combater o vantagem", e que "o exemplo necessita vir do alto". Criticou a proposta de aumento de salário para parlamentares e encerrou falando a respeito as mulheres: "Enquanto as mulheres trabalharem mais do que os homens, eu acredito que elas devem se aposentar primeiro".

  • Confortável e Clara
  • Loft Londrino fornece destaque aos livros
  • doze - Abrir um Negócio: Botequim
  • 22- Jogo de dois vasos com a planta bambu completa a decoração rústica. ConstruindoDecor

A Petrobras será devolvida aos brasileiros. Nós vamos combinar a meritocracia pela gestão pública. As pessoas não irão preencher cargos do governo em desculpa da acessível indicação ou especialmente com baixa qualificação, que é hoje uma marca desse governo. Nós vamos reestatizar e transmitir outra vez as empresas públicas aos brasileiros, visto que o Estado brasileiro, cada vez mais, vem servindo a um projeto de poder de um grupo político que abdicou de ter um projeto transformador de povo. E é o caso de se perguntar o porquê de preservar esse projeto de poder.


Pra piorar ainda mais a situação da saúde, da educação, da segurança pública, da economia? Reforma Pela Residência Gastando Pouco da plateia - Hoje a política de preços da Petrobras é refreada pelo governo. O senhor vai dispensar o valor da gasolina? Os equívocos em ligação à Petrobras foram muitos. 1 desses investimentos até as nomeações políticas e o aparelhamento da organização. A Petrobras hoje frequenta mais as páginas policiais com Pasadena, com a refinaria Abreu e Lima, do que as páginas da economia. Eu não possuo ainda o conjunto das informações necessárias pra narrar o que vai suceder, entretanto irei repetir o que será uma marca em tão alto grau na Petrobras como em algumas áreas do governo: a previsibilidade, nós teremos regras claras.


As pessoas irão saber exatamente o que vai ocorrer com os preços e o que vai suceder do ponto de vista fiscal. Patrick Santos - O senhor vai rever o padrão de partilha? Eu almejo rediscutir à luminosidade do dia, sem teses ideológicas, o que isto (modelo de partilha) trouxe de benefícios ao povo.

Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.